sábado, 9 de abril de 2016

MARIA A BÊBADA



Ela foi casada,teve filhos,os criou e educou.Contava com seus cinquenta anos quando o desgosto chegou e as bebidas se entregou.Motivos ninguém nunca soube.
De estatura pequena,sem alguns dentes na frente,maltrapilha e fedendo a mijo,os cabelos parecendo um campinho duro empoeirado.
E assim vivia Maria ,bebendo pinga pura ao acordar da rua,onde boa parte dormia ao relento,salvo raras vezes em sua casa.Os filhos fizeram de tudo para retiraram das ruas,mas era em vão seus esforços.
A bebida chegava a Maria de graça,pois seu odor fazia com que as pessoas pagassem para que ela partisse do recinto,afinal era uma figura ruim de se ver e sentir.
Certo dia um ser sensível a encontrou.Essa foi a quarta vez na vida dele; o sol naquele dia fazia uns 40 graus ao meio dia, as pessoas passavam ao seu lado,ela desmaiada,morta ou nocauteada pelo álcool no chão duro.A sua frente uma linda igreja,ao lado um ponto de ônibus.  lotado de gente ansiosa a ir almoçar ou trabalhar...O coração do homem se compadeceu, ele então de abaixou e colocou um cartão de poesia onde a mensagem dizia a respeito de ser feliz, voar ..Enfim mudar!. Na frente do cartão tinha o desenho de um anjo,ali ele faz um prece e deseja sua libertação.
Passa um bom tempo,
o homem a encontra limpa, penteada e sem o álcool,para a sua surpresa tinha se libertado. Ele ficou feliz por ter sido usado a bons fins.
Mesmo vendo ainda teve dúvidas do acontecido,anos se passaram e tal homem encontrou um amigo,e do nada ele comentou do caso da Maria, de lá foram ao mercado, e quem encontram? A mesma,limpa e sem álcool, eles se despedem e partem do supermercado.
O tempo passou e de um papo informal com um casal de amigos,ficou sabendo que Maria tinha sido atropelada por um caminhão,a primeira pergunta que fez ,ela estava bêbada? Não, nunca mais voltou a ser alcoólatra.
Como a vida é mágica,Maria partiu à um paraíso,outra dimensão limpa,e graças a outro simpatizante do álcool,que foi usado por forças invisíveis que nos rodeiam.
Quantos casos ainda viria a ter em sua vida ou não?
Tudo depende da procura,altruísmo e pura doação.


Nenhum comentário: