A EVOLUÇÃO DAS MULHERES E SEUS CABELOS DESDE O SÉCULO 20

CABELOS DO SÉCULO 20 AOS DIAS ATUAIS - A MULHER A FRENTE



Desde que a mulher se conhece por mulher  seu cabelo sempre foi um problema em suas vidas, boa parte delas ou quase todas do planeta já se queixaram um dia de suas madeixas.

Em tempos remotos os cabelos  ao anoitecer eram enrolados em bobs  ou mesmo com grampos e um lenço, onde ao amanhecer não espantavam aos familiares e a sociedade quando soltos e desacordados; após o avanço  feminista a vida da mulher mudou drasticamente no mundo, os cabelos podiam ser usados ao natural, estilo hippie; curtos, curtíssimos e até raspados; colocar um lenço brega , um chapéu chiquérrimo ou até tiaras vendidas na feiras livres ou até um boné masculinizado.
Sendo afro deixavam eles naturais,  estilo árvore frondosa, onde era semelhante a uma coroa majestosa, mas hoje depois da evolução da indústria química , mudou consideravelmente  o comportamento  "cabelistico" do mundo feminino e masculino, pois o homem hoje é metrossexual.
Nos dias atuais um grande detalhe é que não existem mais avós com os cabelos grisalhos semelhantes ao algodão, onde davam um ar de contos de fadas aos netinhos, aliás hoje em dia, estão sendo avós com trinta ou até menos idade, e caso desponte os brancos...Tinta neles! Afinal é a era da juventude quase eterna, a era do Botox, das cirurgias reparadoras e cremes miraculosos...
Feliz juventude cover a todos nós!!!

Cabelos anos 20

Após a primeira guerra mundial, a mulherada depois de tanto stress causado pelos homens capitalistas selvagens, resolveram cortar os cabelos e deixar eles mais práticos e sem peso em suas cabeças. Surgiu o estilo Chanel , formato reto com uma bela franja pra ver o que sobrou do mundo e de seus homens.
O homem até que parecia ter gostado da parafernália que fizeram no planeta e mantiveram o estilo cabelo militar por um bom tempo.

Cabelos anos 30




O cinema estava em ascensão é a imagem das atrizes e atores contribuíram muito para a moda e a mudança do estilo, mas principalmente na cor, pois eles foram descoloridos em tons claros e bem brilhantes,mas o comprimento permaneceu, salvo uns centi-milímetros a mais, e foram deixando levemente umas ondas no penteado.
Na moda surgiram os maiôs, os vestidos de noite onde  deixavam as costas em evidência pelo recorte profundo, os de dia também não fugiam a regra, e as saias, vestidos mostravam bem as formas das nádegas pela primeira vez na história.
Haviam  rumores de uma nova guerra, era como na época helênica, romana, egípcia, entre outras, onde ninguém cortava os cabelos mudavam de hábitos frequentemente ou descoloriam, raspavam, colocavam frutas tropicais como no caso de "Carmem Miranda", e assim com todo tédio no mundo promoviam guerras e mais guerras mundo afora ou até mesmo pegavam uma classe em minoria social ou sem armas e jogavam para os leões devorarem e  rirem muito, pois "pimenta no olhos dos outros"... é vinho importado.
Carmem Miranda 
Cabelos ano 40 


O cinema era o ponto alto de diversão e consequentemente de influências de estilo de vida, onde 
nos anos 40  para não ficarem na mesmice, pois a espécie humana detesta a monotonia, deixaram os cabelos crescerem, fios médios e ondulados eram a vibe da vez. Os cortes eram influenciados pelas revistas da época onde garotas e atrizes posavam em fotos sensuais.
Mesmo com a pequena mudança nos cabelos a guerra foi inevitável e estourou a segunda guerra mundial.Havia boatos , fofocas sem fundamentos que essa guerra era para enriquecer mais algumas indústrias, até a da pornografia artística disfarçada , que eram  vendas de revistas com mulheres belas e sensuais, onde sempre o cabelo estava em evidência, lógico que era marketing para vendas de produtos.Estas revistas também divertiam e consolavam muitos soldados que lutavam por um ideal ,que nem às vezes sabiam qual era, onde longe das esposas ficavam só na leitura das mesmas. E assim os cabelos do polo sul e o do polo norte feminino eram bem explorados.
Havia nesta época de guerra infinitos itens que se produziam, chocolate era um deles, chocolate para os infinitos soldados, mas todos sabiam que a maior intenção do mundo  era barrar o "bigodinho invejoso"  que espalhou o ódio racial no mundo a sua volta, ele mesmo era impuro e queria formar um mundo puro,sujeito mal resolvido, tanto que se matou depois que descobriu que seu pai podia ter usado trancinhas bonitinhas, um chapéu preto  e esconder tesouros embaixo da terra. Em suma  perdeu sua guerra fria,íntima e pessoal contra o restante do mundo, graças ao dia D. 

Cabelos anos 50






Depois de deixarem o mundo mais seguro, os homens acordaram para a vida, seus cabelos ficaram mais charmosos e a sociedade em peso usou  o cabelo feito topete. Já as mulheres cada vez mais espertas e visionárias,fizeram alguns reflexos para clarear a vida e a mente, foram deixando a franja cada vez mais descoladas e a mostra,pois elas queriam certificar que o homem não iriam mais fazer burradas no mundo ,além disso surgiu o rabo de cavalo,  era um novo fetiche masculino e elas queriam deixar os homens achando que eles estavam dominando a situação no mundo e nos lares.

As indústrias  químicas ganharam horrores através de um mito "Marylin Monroe", pois se houve um cabelo mais loiríssimo foi dessa atriz que ganhou o mundo quando saiu de um enorme bolo e  cantou o "Happy Birthday to You" mais sensual da história da civilização.Dizem que foi tão forte essa passagem histórica que o presidente americano comeu todo bolo, mas foi em pedacinhos durante três dias na mais bela companhia.
Marilyn  fazia um estilo doce e inocente, quase burrinha, talvez foi daí que as loiras no século 20 e 21 ficaram estigmatizadas de burras, mas era um disfarce dessa atriz e isso desmitifica essa lenda,pois outras loiras surgiram e ganharam milhões posando de  inocente e depois se revelando como uma gata ou onça pintada. 
Um exemplo vivo dos "anos 80" é a cantora e atriz "Olivia Newton John" na era Grease, Totaly Hot , Physical e Soul Kiss,
Olivia tentou até disfarçar em Xanadu sendo uma doce e meiga musa, mas não aguentou tanta inocência e também não decolou com a fantasia romântica, apesar de muitos a amarem nesse ficção Grega,pois no Brasil e outros países latinos eram filas e mais filas para ver o filme.  Então a inocente Sandy- Kira -Olivia, se liberou, mas disfarçadamente num cenário de academia de ginástica.
Olivia Newton John- Xanadu / Physical
O cabelo é tão certo na vida das pessoas que nessa fase Olivia cortou suas madeixas longas  loiras e deixou seus cabelos naturais e curtos, onde  facilitou toda  transpiração nos palcos.
Depois de Olivia Newton John surgiu alguém perversa e imaculada ao inverso "Madonna" , onde nunca foi 'santa ou virgem", mais sim, leonina. Ela levou milhares de pessoas a se sentirem "Like a Virgem"- "Como uma Virgem" - e ainda se tornaram "Garotas Matérias"- "Material Girl"- Nem dá para entender esse paradoxo de como uma virgem é garota material... Na verdade sexo e dinheiro em algumas áreas caminham juntos, não precisa fazer ,mas pelo menos cantar ou interpretar ou fingir mesmo.

Cabelos anos 60

"The Beatles" e "Elvis Presley", movimentos de libertação das pessoas e evolução , a vaselina que tinha dupla função ou até mais, surgiu com tudo no mercado. Os cabelos masculinos cresceram,surgiram o Black Power. 

A mulherada mais esperta e estudada foram vendo como ganhar o mundo e o universo, se possível o cosmo. Então surgiu a mini-saia, e assim o homem mais uma vez cai aos pés do mundo feminino.

O homem de  cabelo comprido poderia  levar umas puxadas de cabelo agora,seria os homens dessa vez os dominados intimamente? Seria então o reverso da história do rabo de cavalo? As mulheres  mais descoladas deixaram seus cabelos curtinhos também para ajudar na situação.

Sensualidade nas músicas, roupas e maquiagens não lhe faltavam e para ajudar ainda mais foi criado o secador de cabelo, a escova de cabelo redonda ,dois  fortes aliados nessa guerra sem fim.
O homem ainda nem havia percebido esse levante feminino, desconfiava-se que alguns homossexuais masculinos e femininos estavam  tramando juntos para que a mulher tomasse a frente do homem, assim eles seriam beneficiados de alguma forma, isso nunca saberemos ao certo.
Enfim a guerra dos sexos estava quase que pronta, a mulher ia tirando o coelho da cartola, se mostrando mais e mudando de uma forma enigmática e sedutora.

Cabelos ano 70
Essa época zen os cabelos ganharam formas e adornos variados,ficam mais naturais ,os homens e mulheres tinhas os cabelos semelhantes.
As mulheres compridos e enfeitados com flores entre outros acessórios. O sutiãs foram abolidos , se nota mais uma forma da mulher dominar o universo a sua volta. 
Haviam cabelos armados , coloridos e bem pretos, isso devido ao movimento musical Rock Roll e Punk. 

Os homens deixaram barbas, bigodes e cavanhaques, mulheres deixavam de raspar as pernas e axilas, estranho isso para nossa época.
Surgiram no final dessa época os rastafári, onde pegou força também pelo movimento musical do reagge.

Esse último estilo citado pegou força, pois podia-se  guardar alguns itens básicos da vida dentro dele,de boa.

Cabelos ano 80


Era New wave!


Muito se perdeu nas indústrias por esse grande movimento de pelos a mostra nos anos 70, se "bobiar" nem banho tomavam, onde provavelmente surgiria uma crise na indústria de sabonetes também se esse boato fosse verdadeiro.
Além de pelos para todo lado, era possível surgir  a terceira guerra mundial  caso esses pelos não caíssem de moda, então grandes políticos e empresários se uniram e formaram uma cúpula fechada e sigilosa; essa informação foi revelada ao mundo devido a uma hippie ter conhecido uma militar espiã no fins dos anos 70,onde depois de um belo chá de lírio e atos lesbianos foi revelado em alucinações esse futuro encontro de pensadores capitalistas.Talvez a espiã militar estava preocupada com o futuro da sua lady, mas nunca saberemos, pois tanto a militar espia como a hippie se casaram após a legalização do relação homoafetiva e se mudaram para Shangrila e ninguém ousou ir lá. 
Formado a  reunião dos pelados ou sem pelos, os grandes políticos e empresários  decidiram  criar produtos como  o mousse e o gel de cabelo ,sendo assim a economia mundial se reergueu.As bandas oitentistas ganhavam produtos e mais produtos onde usavam e abusavam, essas  bandas foram :Duram Duram, Depeche Mode, Marillion,Soft Cell, U2,The Cure,Culture ClubAha, The B´52 ,entre outros. A cantora inglesa, dito como australiana e que se mudou de mala e cuia para os Estados Unidos também pegou carona nessa moda, onde soltou o animal que estava dentro dela,  encantando multidões  também com muito mousse e gel  nos cabelos.

Esses ídolos fizeram a cabeça de todos e muito gel e mousse foram vendidos, como seus próprios discos.
A rapaziada lambuzava os cabelos de gel e mousse e tudo ficou mais prático, até na hora do namoro.
Enfim , mais uma vez a guerra maluca ficou longe de nós.



Voltando a estrategia feminina de dominar o mundo, elas estavam quase lá,mas sempre com um homem por trás da história, no bom sentido. 


Cabelos anos 90

A música , o cinema , a religião e pessoas influentes sempre deram novas tendencias de moda e estilos nos cabelos na raça humana, e não foi diferente nos anos 90 , as bandas grunges: Nirvana, Soundgarden, Mudhoney, Alice in Chains,  entre outros, emplacaram com os cabelos curtos, bagunçados, tipo sem pentear, e tingido de loiro por todo lado, o tamanho era variados, cada qual com seu estilo.




Cabelos anos 2000



















Uma bagunça geral no bom sentido...Até musicalmente, por isso muitos escutam músicas oitentistas, mas alguns se salvam, muito pouco.

Donna de Lory
Música de 1 linha!

Cabelos são todos os estilos desta matéria  numa só época, vários cortes, se muda muito todo tempo, eu mesmo faço isso, senão eu  iniciaria uma guerra pessoal e intima comigo mesmo.
Esse comportamento "cabelistico" não causa tédios nem guerras ,enfim a humanidade descobriu como não causar guerras, somente mude o cabelo,simples assim,fica a seu critério a maneira e estilo, mas a certeza é uma só, chapinhas e mais chapinhas no mundo feminino ou até nos metrossexuais masculinos, detalhes de hoje em dia, reafirmando não existem avós de cabelos brancos, afinal ser avó hoje em dia pode acontecer com 30 ou menos anos de vida., além disso quem tem seus poucos grisalhos tintura é imprescindível dos 30 até quando dá para disfarçar o tempo que passou.
O Mundo virou mutável e andrógeno, cortes repicados, raspados, coloridos, descoloridos, franja, sem franja , sem corte, corte reto...



Enfim deixando o cabelo de lado, nos dois sentidos, a  mulher chegou onde queria depois de muita estrategia e cabeleireiros...Hoje galga a "Presidência  da Republica", os ministérios, são grandes Ecologistas, grandes Empresarias, Médicas, Cientistas", Engenheiras,enfim, ter cedido na hora certa, ter tido paciência lhe renderam bons frutos. 








Hoje em dia os homens tomam conta da casa e dividem tarefas junto a mulher...O mundo ainda continua intacto as pessoas que ainda não fizeram suas cabeças, nem perceberam que tudo gira em torno do cabelo...Que é a mentalidade que está embaixo dele  e as madeixas que nunca deixam de crescer que sustentam o mundo e a paz.




Tenho a impressão que  se todos fossem "carecas" o mundo já nem seria mundo, isso sim seria o fim do mundo.

Espero que gostaram da minha grande pesquisa e ponto de vista, se você tiver cabelo me respeite, se não tiver aconselho um implante, uma peruca fashion ou mesmo um chapéu como o meu.







Em breve a reflexão profunda e quase Froydiana de como seria a vida sem as bebidas alcoólicas.

Nenhum comentário: